Motivação

motivação textos

Motivação 

Osho- Falsas Necessidades:

Osho Rajneesh

O seu sentimento e o seu pensamento tornaram-se duas coisas diferentes e esta é a neurose básica. Aquele seu lado que pensa e aquele seu lado que sente tornaram-se dois e você identifica-se com a parte que pensa e não com a parte que sente. E sentir é mais real do que pensar; sentir é mais natural do que pensar.

Você nasce com um coração que sente, mas o pensamento é cultivado, ele é-lhe dado pela sociedade. E o seu sentimento tornou-se algo suprimido. Mesmo quando diz que sente, apenas pensa que sente. O sentimento tornou-se morto e isto aconteceu devido a determinadas razões.

Quando uma criança nasce, ela é um ser que sente; sente coisas, mas ela ainda não é um ser pensante. Ele é natural, como tudo o que é natural, como uma árvore, um animal. Começamos entretanto a moldá-la a cultivá-la.Ela terá de suprimir os seus sentimentos, os se isto não acontecer, estará sempre com dificuldades.

Quando quiser chorar, não poderá fazê-lo, pois os seus pais a censurarão. Será condenada, não será apreciada e nem amada. Não será aceita como é. Deve comportar-se de acordo com determinada ideologia, determinados ideais. Só então será amada. Do modo como ela é, o amor não se destina a ela.
Só pode ser amada se seguir determinadas regras. Tais regras são impostas, não são naturais. O ser natural dá lugar a um ser suprimido e aquilo que não é natural, o irreal é-lhe imposto. Esse "irreal" é a sua mente e chega um momento em que a divisão é tão grande que já não se pode mais ultrapassá-la. Você esquece-se completamente do que a sua verdadeira natureza foi ou é.

É um falso rosto; o semblante original perdeu-se. E também receia sentir o original, pois no momento em que o sentir toda a sociedade se voltará contra si. Portanto, coloca-se contra a sua natureza real. Isto cria uma situação muito neurótica.

Você não sabe o que quer; ignora quais são as suas necessidades reais e autênticas, pois somente um coração que sente pode dar-lhe a direcção e o significado das suas necessidades reais. Quando elas são suprimidas, você passa a criar necessidades simbólicas.
Por exemplo, pode começar a comer cada vez mais, enchendo-se de alimento, e nunca sentir que está satisfeito. Tem necessidade de amor, não de comida. A comida e o amor, entretanto, estão profundamente relacionados.

Quando a necessidade de amor não é sentida, ou é suprimida, uma falsa necessidade de comida é criada. Você pode continuar comendo; posto que a necessidade é falsa, ela jamais poderá ser preenchida. E vivemos entregues a falsas necessidades.

Por isso não há realizações.


Osho: O verdadeiro EU:

mente

A meditação é simplesmente um artifício para torná-lo consciente do seu verdadeiro eu - que não é criado por si, que não precisa ser criado por si, porque você já é. Nasceu com ele. Você é ele! Ele precisa ser descoberto.

Se isso não é possível, ou se a sociedade não permite que isso aconteça - e nenhuma sociedade permite que aconteça, porque o eu verdadeiro é perigoso: perigoso para a igreja estabelecida, perigoso para o estado, perigoso para a multidão, perigoso para a tradição, porque quando um homem conhece o seu eu verdadeiro, ele torna-se um indivíduo.

Ele não faz mais parte da psicologia das massas; ele não será supersticioso, e não poderá ser explorado e guiado como gado, não poderá ser ordenado e comandado. Ele viverá de acordo com a sua luz; viverá da sua própria interioridade.
A sua vida terá uma extraordinária beleza, integridade. Mas é este o medo da sociedade. Pessoas integradas tornam-se indivíduos e a sociedade não quer que vocês sejam indivíduos.
Em vez de individualidade, a sociedade ensina-lhe a ser uma personalidade. A palavra "personalidade" tem que ser entendida. Vem da raiz persona - persona significa "máscara". A sociedade dá-lhe uma ideia falsa de quem você é; dá-lhe apenas um brinquedo, e você permanece agarrado ao brinquedo toda a sua vida.

No meu modo de ver, quase todos estão no lugar errado. A pessoa que teria sido um médico tremendamente feliz é um pintor, e a pessoa que teria sido um pintor tremendamente feliz é um médico. Ninguém parece estar no lugar certo; é por isso que toda esta sociedade está em tamanha confusão. A pessoa é dirigida por outros; não é dirigida pela sua própria intuição.

A meditação ajuda-o a desenvolver a sua própria faculdade intuitiva.Torna-se muito claro o que é que vai satisfazê-lo, o que é que vai ajudá-lo a florescer. E seja o que seja, vai ser diferente para cada indivíduo - isto é o que significa a palavra "indivíduo": cada um é único. Buscar e tentar encontrar a sua singularidade é uma grande emoção, uma grande aventura.

Osho.
Meditação - A primeira e última liberdade.
Ed. Shanti



O estado de não-Mente:


não-mente

A mente não pode ficar quieta. Ela precisa estar continuamente pensando, preocupando-se. A mente funciona como uma bicicleta: se você segue pedalando, ela continua; no momento em que para de pedalar, cai.
A mente é exactamente como uma bicicleta; e o seu pensar é o constante pedalar.
E quando algumas vezes esteja um pouco silencioso, imediatamente começa a preocupar-se:

"Por que estou tão silencioso?".

Qualquer coisa servirá para criar pensamento, preocupação, porque a mente só poderá existir correndo, sempre correndo, atrás de alguma coisa ou fugindo de alguma coisa, mas sempre correndo.

Na corrida está a mente. No momento em que você para, a mente desaparece. Entretanto, a menos que seja capaz de pôr a mente toda de lado e perceber o mundo directamente, instantaneamente, com a sua consciência, nunca será capaz de perceber a verdade.

Neste mundo a coragem é colocar a mente de lado. A conquista maior é conseguir perceber o mundo sem a barreira da mente, simplesmente como ele é.
E ele é tremendamente diferente, incrivelmente belo, sem as distinções que a nossa mente cria. Assim, somente uma pessoa em estado de não-mente saboreia a vida na sua totalidade. E esta é toda a arte da vida. Viver sem nenhuma distinção, sem nenhuma discriminação, sem nenhuma escolha.

O estado de não-mente é o estado de êxtase.
O estado de não-mente é o estado do fluir da vida.


Use o Poder da sua Mente:

poder da mente

Você cria o seu próprio mundo. Talvez a maior descoberta da história da humanidade seja o poder da nossa mente de criar praticamente qualquer aspecto da nossa vida.

Tudo o que vê ao seu redor, no mundo criado pelo homem, começou como uma ideia ou um pensamento na mente de algum indivíduo para, em seguida, ser concretizado na realidade.
Tudo na sua própria vida começou como um pensamento, um desejo, uma esperança ou um sonho, na sua mente ou na de alguém. Os seus pensamentos são criativos; eles formam e modelam o seu mundo e tudo que lhe acontece.

O princípio essencial de todas as religiões e filosofias, da metafísica e da psicologia, assim como do sucesso, é o mesmo: Você transforma-se naquilo em que pensa a maior parte do tempo. O seu mundo externo torna-se um reflexo do seu mundo interno, reflectindo de volta aquilo em que você pensa.

Tudo aquilo em que pensa com frequência manifesta-se na sua realidade. Milhares de pessoas de sucesso têm sido convidadas a dizer em que costumam pensar a maior parte do tempo. A resposta mais comum é que elas pensam muito sobre o que querem e como consegui-lo.
As pessoas infelizes e sem sucesso estão a maior parte do tempo a pensar e a falar sobre o que não querem. Quase sempre estão a falar dos seus problemas e preocupações e tentando atribuir culpas. Já as pessoas de sucesso mantêm os seus pensamentos e as suas conversas voltados para temas associados às suas metas mais intensamente desejadas.
A maior parte do tempo pensam e falam sobre aquilo que querem. Viver sem metas claras é como dirigir numa neblina densa. Por mais potente e bem concebido que seja o seu carro, você dirige lenta e hesitantemente, avançando pouco, mesmo em estradas de excelentes condições.

Tomar decisões a respeito das suas metas é algo que dissipa imediatamente a neblina, permitido que você focalize e canalize as suas energias e a sua capacidade. O estabelecimento de metas claras permite-lhe pisar no acelerador da sua vida e correr velozmente para a realização de um maior número de objectivos.

Imagine-se fazendo a seguinte experiência: Você tira um pombo-correio do seu pombal, aprisiona-o numa gaiola, cobre-a com um cobertor, coloca-a dentro de uma caixa e dentro de um camião fechado. Em seguida, dirige o camião por mil quilómetros em qualquer direcção. Se, em seguida, você abrir a cabine do camião, retirar a caixa, descobrir a gaiola e libertar o pombo-correio, verá que ele voa três vezes em círculo e, em seguida, parte sem hesitação de volta a seu pombal, a mil quilómetros de distância.

Nenhum outro ser vivo na face da Terra é dotado dessa incrível função cibernética de busca de metas, excepto o homem. Você dispõe da mesma capacidade de realização de metas que o pombo-correio, só que com um maravilhoso acréscimo. Quando tem absoluta clareza a respeito da sua meta, nem precisa saber onde ela fica ou como alcançá-la. Pelo simples facto de decidir exactamente o que quer, você começará a mover-se infalivelmente em direcção à sua meta, e ela começará a mover-se infalivelmente na sua direcção. Ambos haverão de encontrar-se no momento certo e no lugar exacto.

Devido a este incrível mecanismo cibernético localizado bem no fundo da sua mente, quase sempre alcança as suas metas, quaisquer que sejam. Se o seu objectivo é chegar em casa à noite e ver televisão, é quase certo que o alcançará. Se o seu objectivo é criar uma vida maravilhosa, cheia de riqueza, felicidade e prosperidade, também o alcançará.Como um computador, o seu mecanismo de busca de metas não tem critérios. Funciona automática e continuamente para lhe trazer o que você quer, independentemente da programação estabelecida para ele.

A natureza não se importa com o tamanho das suas metas. Se estabelecer metas humildes, o seu mecanismo automático de consecução de metas haverá de permitir-lhe alcançar metas humildes.
Se fixar metas ambiciosas, esta capacidade natural permitirá que alcance metas ambiciosas. O tamanho, o alcance e os detalhes das metas sobre as quais decide pensar a maior parte do tempo dependem totalmente de si.

Texto extraído do livro " Metas", de Brian Tracy


Outros sites do autor: Spiritual Matrix , Reiki Sekhm , Silvio webdesign, blog Spiritual Matrix, blog Vivendo na Matrix.  Realidade Oculta.

Livros na Amazon e outras plataformas: 

   Hostinger